quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

José da Cruz (1897-1952)


José da Cruz (1897-1952)

Nasceu em 19 de maio de 1897, Campo Largo (PR), filho de Francisco Manoel da Cruz e Maria Durski. Muito cedo inicia seus estudos musicais, tendo como primeiro professor seu avô, Jerônimo Durski, precursor da emigração polonesa no Brasil. Com apenas cinco anos e uma flauta de bambu feita por suas próprias mãos, começa sua jornada musical, dedicando-se inteiramente ao estudo da música.
Radicado em Curitiba, aos 15 anos já criava algumas composições. Algum tempo mais tarde, tocava e ensinava vários instrumentos, tendo a flauta como seu preferido. Formava e dirigia conjuntos musicais, conforme os estilos da época, sendo seu primeiro conjunto o Quinteto Carioca e tendo em "Murmúrios do Itambé" uma de suas primeiras composições.
Em 1917 compõe a valsa lenta paranaense "Saudosas Recordações". Em 1921 casa-se com Carolina Viapiana Amodio, indo residir em Paranaguá no ano de 1923. Ao regressar a Curitiba, em 1928, compõe "Saudades de Paranaguá" e "Despedida Sentimental".
Foi maestro e diretor da Orquestra Regional Paranaense, da Ideal Jazz Band, do Conjunto José da Cruz e seus solistas e flautista da Banda da Polícia Militar do Paraná, inclusive acompanhando a banda ao Rio de Janeiro, na Revolução de 1930. Voltando à vida civil, com seu espírito patriótico compõe a marcha "Duque de Caxias".
Em homenagem à cidade de Curitiba, compõe as valsas "Mocidade Curitibana" e "Nossa Senhora da Luz". Leciona música durante muitos anos em sua própria escola, em Curitiba, na rua Dr. Pedrosa. Mais tarde, em 1949, abre uma escola de música em Apucarana, a Escola de Música José Cruz, retornando a Curitiba em setembro de 1951.
Muito admirado por parentes e amigos por cultivar nobres virtudes, como bondade, honestidade e perfeccionismo, compõe "Eternidade", sua última composição, escrita para ser executada por uma orquestra de 46 instrumentos. Falece em 30 de novembro de 1952, deixando sua esposa amada e cinco filhos.

Família Cruz

patrimony brazilian music

Nenhum comentário:

Postar um comentário